7.3.09

yo soy un hombre sincero

ontem, voltando da paulista de noite, entrei no pompeião de sempre & havia três bolivianos tocando "isso aqui ô ô" em violões e pensei ai que cansaço depois eles tocaram guantanamera e metade do ônibus sabia cantar e eu cantei e nós cantamos atravessando o cemitério da dr. arnaldo garoava muito leve e aquele calor e as senhoras de laquê na minha frente vestindo cores de paixão disseram "hoje o dia foi tão bom que somos presenteadas com isso na volta pra casa" então eu chorei vendo os túmulos de mármore e os prédios da cidade acesos e apagados daquele instante



- -

3 comentários:

sabina anzuategui disse...

às vezes me culpo também por ironizar as coisas que emocionam os outros.

marcosv disse...

julia eu quero você na minha cidade !

júlia disse...

não entendi o "também", sabina, eu não me culpo por isso, pareceu?

- - -
vem pegar nenem

 

Free Blog Counter