26.3.08



5 comentários:

Sabina Anzuategui disse...

Um professor na faculdade mencionou um texto uma vez - não lembro se era Valery ou Verlaine (!) - sobre NÃO revisar. Eu nunca soube qual era a proposta de verdade. Na época, entendi como uma precisão de artes marciais: pelo treino constante, acertar os golpes com exatidão, pois nem sempre há chance repetir.

Ah, de todo modo, revisando ou não revisando, a única coisa em que acredito mesmo é: continuar. Se a gente escreve de maneira honesta e sensível, e continua escrevendo, por vários anos, é a acumulação que cria o significado.

Sabina Anzuategui disse...

Ah, foto linda.

caderno disse...

que janelão bacana.

p.s.: já inscreveu contos no concurso do www.portalliteral.com.br ?

vale a pena.

bj

cecilia giannetti

Leonardo ViSo disse...

Há um certo medo desse "bum". parece mais fácil abrir a janela e pular. no final pode ter alguém embaixo...

volte sempre...

www.esferadosintocaveis.blogger.com.br

Sabina Anzuategui disse...

Sim, moro em SP desde 1993.
Lembro sempre do Aeroanta, porque foi a única casa noturna que frequentei. Depois que entrei na faculdade, só bares, casas de amigos e cinema.

 

Free Blog Counter