4.8.06

explicação

(para o márcio e para o eduardo)

O tempo fecha.
Sou fiel aos acontecimentos biográficos.
Mais do que fiel, oh, tão presa! Esses mosquitos que não
largam! Minhas saudades ensurdecidas por cigarras! O que faço
aqui no campo declamando aos metros versos longos e sentidos?
Ah que estou sentida e portuguesa, e agora não sou mais, veja
não sou mais severa e ríspida: agora sou profissional.

(ana c., reloaded.)

Um comentário:

 

Free Blog Counter